14 de jun de 2011

Não sou meus átomos, eles vêm e vão.





Não sou meus pensamentos, eles vêm e vão.





Não sou meu ego, a minha auto-imagem muda.






Sou acima e além disso; sou a testemunha,





o intérprete, o self além da auto-imagem.





Este self não tem idade nem limites de tempo.

(Deepak Chopra)