6 de set de 2013





A realização de seus sonhos depende apenas de sua decisão de assumir o risco necessário. 

Nascer neste mundo já é em si assumir um risco. Sair de casa é assumir um risco. Entrar em um relacionamento é um assumir risco. Qualquer alegria que se inicia traz consigo o fim a espreita. Nada é para sempre, apenas a certeza da transformação.

De quê adianta querer possuir se em algum dia a vida transformará tudo em pó?

No fim das contas não importa se temos ou o se perdemos, mas sim a intensidade do sentir, do pulsar da existência em nossas células a cada momento.

Saiba o que é importante nesta vida, para que no fim dela você não precise sentir a acidez do arrependimento.

Facilmente somos dragados pelas expectativas da sociedade correndo atrás de miragens vazias de propósito. Assim, esquecemos de nós mesmos.

A sua vida pode ser lendária se você estiver disposto a assumir o risco de perder as suas referências e pular no abismo.
A verdadeira vida é imprevisível. Somente conduzida pela guiança invisível.

Seja um rebelde e siga o seu coração. Ninguém pode dizer-te o que é bom para você. Somente você é capaz de descobrir a resposta para as suas inquietações.

Desista de ser reconhecido, amado e aceito. Ao invés disto, reconheça, ame e aceite. Reconheça quem não te reconhece. Ame quem não te ama. E aceite quem não te aceita. Tal atitude te libertará e você se tornará poderoso e intocável pelas críticas.

O caminho é interno. A resposta jaz no silêncio dos pensamentos.

Dentro de você está todo o prazer, alegria e satisfação. Você já é completo. Apenas é preciso abrir mão da busca e deixar a escuridão emergir para ver a luz no fim do túnel.

Perca-se em si mesmo e seja livre!